‘Professores da impossibilidade’ começam campanha contra pesquisas ufológicas

A página não foi completamente carregada ou o navegador não suporta JavaScript. Textos Assim correspondem às notas.

Hoje, o site OVNI Hoje publicou o interessante editorial Enquanto os ‘professores da impossibilidade’ começam campanha contra aos que acreditam em ETs, avistamentos de OVNIs / UFOs aumentam, onde acusa ter detectado nas últimas duas semanas o início de um movimento coordenado para desacreditar matérias relacionadas aos OVNIs e à vida extraterrestre. O editorial contrasta o movimento com o aumento significativo de registros ufológicos recentes, destacando que cerca 5 a 10% deles devem ser inexplicáveis pelo conhecimento comum.

Caso o movimento se confirme, obviamente, nele não haveria nada de incomum ou inédito. Sem nos deter a questões epistemológicas relativas a diferença entre “extraterrestre” e “Alienígena“, a possibilidade de inteligências com origem não identificada interagir de modo pouco claro conosco hoje é sumariamente descartada pelo Conhecimento Estabelecido. Para manter o conforto do paradigma, é natural que seus arautos, certos de que fazem um bem, defendam o que se tem da presença de “eventos malditos”, para usar o termo empregado por Charles Fort.

Consideramos saudáveis tais movimentos. Apenas esperamos que os detratores – sem qualquer qualquer conotação pejorativa ao empregar o termo – sigam os saudáveis preceitos do próprio paradigma que defendem nas palavras, trabalhando para que seu “processo de desconstrução” parta dos fatos para as conclusões e não das conclusões para os fatos, apesar de sabermos que não vale a pena guardar grandes expectativas quanto a isso.

O discurso falastrão de que “nenhuma evidência é consistente”, “nada nunca foi comprovado” ou “não existem provas”, apesar de ignorar a complexidade inerente da questão e mostrar ignorância sobre a casuística, deverá ser constrangedoramente empregado em doses alopáticas. Só nos caberá continuar o trabalho e observar o circo, talvez respondendo àqueles que se dignarem a tolerar uma resposta ou o contraditório.

Não temos dúvida que parte dessa histórica e condenável conduta licenciosa se deve a ação de pesquisadores da própria ufologia, por sua postura pouco pragmática, organização pouco efetiva e tácita tolerância com a fantasia. Nosso site vem contrapondo essa abordagem, conforme suas limitações.

Aos que tiverem interesse em realizar críticas efetivas, alguns casos relevantes da casuística – que, conforme nossa avaliação, comprovadamente aconteceram e comprovadamente não podem ser explicados pelo conhecimento comum –  podem ser acessados Aqui. Estão abertos para avaliação e crítica científica.

FICHAMENTO

Data: 20121108 | Pesquisadores/Envolvidos: .

TAGS: Análises, Conspiração, Ufologia.

Acesse Artigos Similares.

_____________________
Entenda melhor qual a relação desse assunto com a ufologia, ou por que ele nos interessa, conhecendo o significado das tags e outros parâmetros de fichamento em Estruturação de Dados.

Críticas, acréscimos ou sugestões, comente ou Entre em Contato.
Caso tenha interesse, saiba COMO CONTRIBUIR com nossas pesquisas.

Comente

COMENTÁRIO

ATENÇÃO: Comentários são públicos. Para manifestações privativas, utilize Nosso Formulário. Comentários desrespeitosos, infundados ou fora de contexto serão removidos.

*

© 2003, 2010-2015. Ufologia Objetiva. Direitos reservados.
Cópias sem fins lucrativos permitidas, desde que citada a fonte.