Motorista de caminhão vê um grande felino no campo perto de Dorchester, Reino Unido

A página não foi completamente carregada ou o navegador não suporta JavaScript. Textos Assim correspondem às notas.

Kevin Fillary

Kevin Paul Fillary

Motorista de caminhão vê um grande felino no campo perto de Dorchester, Reino UnidoMotorista de caminhão vê um grande felino no campo perto de Dorchester, Reino Unido. Arquivos do Insólito, em 3 de abril de 2013.

Um grande felino foi flagrado rondando Dorset  perto de Dorchester.

Kevin Paul Fillary afirma ter visto uma “pantera negra grande” à espreita em um campo perto do desvio Monkey Jump.

O motorista de caminhão de 42 anos de idade, viajava na A35 a partir de Weymouth para Bridport em torno de 15:30hs quando viu a misteriosa criatura.

Avistamentos de grandes felinos em Dorset tem provocado intenso debate nos últimos anos. Muitos estão convencidos de que há panteras rondando o campo, enquanto outros sustentam que sem provas conclusivas de sua existência é altamente improvável que elas existam na natureza.

“Quando eu estou no meu caminhão eu fico no alto e posso ver por cima do campo, e eu pude ver a criatura claramente”.

“Eu viajo por esse caminho todos os dias nos últimos quatro anos, mas esta é a primeira vez que eu vi um grande felino aqui”.

Ele acrescentou: “Eu só queria ter tido tempo para tirar uma foto, mas eu estava dirigindo e tinha que seguir em frente”.

O motorista de caminhão, que trabalha para a C & D Transportes, disse que não foi a primeira vez que ele viu um grande felino.

Ele acrescentou: “Eu já vi um antes, em Ilminster, então este foi o meu segundo avistamento”. “Eu disse para a minha família e eles acreditaram em mim, mas eu não disse a ninguém no trabalho, podiam achar que eu estava louco”.

“Estou convencido de que eles existem em Dorset e eram de pessoas que os mantinham como animais de estimação anos atrás e foram abandonados na natureza”.

Foram relatados numerosos avistamentos nos últimos anos. De acordo com dados obtidos pelo echo em setembro passado, um total de 53 pessoas fizeram ligações de emergência para relatar o encontro com um felino selvagem desde 2006.

Depois que falaram sobre um leão à espreita em Essex, o popular tema ressurgiu, e Dorset foi nomeada como um “ponto quente” para avistamentos por especialistas em grandes felinos.

O pesquisador de grandes felinos e autor Merrily Harpur disse: “Tem havido uma grande quantidade de avistamentos de grandes felinos relatados no condado nos últimos anos”.

“Dorset é um ponto quente para avistamentos de grandes felinos”. “Nos últimos 10 anos, me relataram mais de 600 avistamentos”. “Uma das coisas interessantes sobre grandes felinos na Grã-Bretanha é que eles são muito variáveis ​​em suas cores.

“A grande maioria dos avistamentos é de felinos negros, dizem que se assemelha a uma pantera, ou marrom como um puma ou com a cor de um gato selvagem escocês”.

“Qualquer um que vislumbre essas criaturas por mais de alguns segundos é muito sortudo e gostaria de pedir as pessoas nessa área que levassem uma câmera”.

Feras misteriosas – Catálogo de eventos

Ao longo dos anos cada avistamento adicionou um novo toque para o mistério do grande felino de Dorset.

Em março de 2010, um cordeiro foi atacado em Bockhampton no que se acredita ser um ataque de um grande felino.

O ‘Beast of Bockhampton’ vasculhou um campo perto de Pine Lodge Farm e Tearooms liderados por Jean e Tony Waterman.

O veterinário Duncan Reavell viu a foto de um cervo que se pensava ter sido morto pelo predador no mesmo ano, e disse que um grande gato poderia ter sido responsável.

A lojista Judy Paterson se deparou com uma carcaça, enquanto passeava com seu cão em Conygar Hill próximo de Dorchester.

Em janeiro de 2004, Margery Hookings, ex-editora do Bridport News afirmou que avistou um felino grande e negro quando dirigia na estrada A3066 entre Melplash e Beaminster.

A adolescente Ashley Blanning, de Bridport, testemunhou um animal semelhante correndo pelo campo, em setembro.

No mesmo ano, o fotógrafo Alan McNamee, de Bridport, teve seu primeiro encontro selvagem. Ele montou uma equipe pronta para responder aos avistamentos.

Victoria Briggs, 31, de Weymouth, diz que viu um “grande gato preto”, em 2000, no Sea View Holiday Park em Preston enquanto almoçava com sua mãe.

Histórias de grandes felinos começaram novamente nos anos 1960 e 1970, quando estava na moda e era legal e elegante manter animais exóticos como animais de estimação.

Antes da Lei dos animais selvagens perigosos de 1976, os ricos podiam pegar o seu leão, tigre ou guepardo para uma caminhada ao redor do parque sem precisar de uma licença. Mas a lei foi alterada para proteger o público e os animais.

Enquanto muitos proprietários deram seus animais para zoológicos, começaram rumores que algumas pessoas soltaram seus animais na natureza, onde se acredita que seus filhotes vagueiam ainda hoje.

Tradução: Carlos de Castro

Fillary, de Somerset, disse: “Eu estava dirigindo e olhei para a minha esquerda e vi uma pantera negra grande.

Fonte: Dorset Echo

FICHAMENTO

Data: 20130403 | Latitude: 50.739066 | Longitude: -2.338235 | Relevância: 2 | Estranheza/Probabilidade: 32 | Classificação Vallée-Hynek: AN-4 | Testemunhas: 1 | Hora: 12h-16h | Duração: Desconhecido | Clima: Limpo | Características: .

TAGS: Criptozoologia, Ocorrências.

Acesse Artigos Similares.

_____________________
ESSA OCORRÊNCIA AINDA NÃO FOI ANALISADA COM PROFUNDIDADE. SUAS AVALIAÇÕES SÃO APENAS PRELIMINARES. CONTRIBUA COM A SUA OPINIÃO.

_____________________
Entenda melhor qual a relação desse assunto com a ufologia, ou por que ele nos interessa, conhecendo o significado das tags e outros parâmetros de fichamento em Estruturação de Dados.

Críticas, acréscimos ou sugestões, comente ou Entre em Contato.
Caso tenha interesse, saiba COMO CONTRIBUIR com nossas pesquisas.

Comente

COMENTÁRIO

ATENÇÃO: Comentários são públicos. Para manifestações privativas, utilize Nosso Formulário. Comentários desrespeitosos, infundados ou fora de contexto serão removidos.

*

© 2003, 2010-2015. Ufologia Objetiva. Direitos reservados.
Cópias sem fins lucrativos permitidas, desde que citada a fonte.