Milhares de pássaros despencam nos EUA

A página não foi completamente carregada ou o navegador não suporta JavaScript. Textos Assim correspondem às notas.

Morte misteriosa de milhares de pássaros é investigada nos EUAMorte misteriosa de milhares de pássaros é investigada nos EUA. G1, em 3 de janeiro de 2011.

Os animais caíram mortos do céu pouco antes da virada do ano, na sexta-feira, na cidade de Beebe, no estado de Arkansas.

Cerca de dois mil pássaros morreram de forma misteriosa na cidade de Beebe, no estado de Arkansas, nos Estados Unidos.

Especialistas ambientais investigam o que teria causado a morte dos animais da mesma espécie naquela determinada região.

Conhecido como pássaro-preto-da-asa-vermelha, os animais começaram a cair mortos do céu pouco antes da meia-noite, na sexta-feira, véspera de Ano Novo.

Alguns do animais apresentavam sinais de trauma físico, o que sugere que possam ter sido atingidos por forte iluminação ou chuva de granizo.

Os especialistas levantaram ainda a hipótese de que os fogos de artifício do Ano Novo tenham levado à morte dos pássaros por estresse.

Outra reportagem.

Laboratórios buscam respostas para a morte de 3 mil aves nos EUALaboratórios buscam respostas para a morte de 3 mil aves nos EUA. IG, em 3 de janeiro de 2010.

Resultados preliminares da autópsia mostraram que mortes foram causadas por traumas múltiplos em órgãos vitais dos animais

Especialistas em vida selvagem estão tentando solucionar um mistério que evoca imagens apocalípticas no estado americano de Arkansas. Mais de 3 mil pássaros caíram mortos do céu, momentos depois da meia-noite do Ano Novo. Algum tempo depois, segundo o jornal The Guardian, cerca de 100 mil peixes apareceram boiando em um rio próximo.

Cientistas estão investigando se fogos de artifício, ou o mau tempo são a causa da morte das aves. Outra hipótese é a de que um pássaro desorientado tenha levado o bando ao chão. De acordo com matéria da rede americana NBC, resultados preliminares da autópsia mostraram que as mortes foram causadas por traumas múltiplos em órgãos vitais.

A Comissão de Caça e Pesca de Arkansas afirmou que a mortandade de peixes aparentemente está ligada à doença.

“Temos ainda uma série de perguntas que precisam de respostas”, disse Karen Rowe, especialista em aves da Comissão de Caça e Pesca de Arkansas. Karen disse que há casos de pássaros que ficaram confusos e caíram mortos no chão.

Moradores da pequena cidade de Beebe, no nordeste de Little Rock, encontraram, no sábado (1), milhares de pássaros mortos em uma área de 4 km2. De maneira ainda não explicada, os animais caíram mortos sobre casas, carros e no chão.

As carcaças das aves foram enviadas para a Comissão de Aves e Pecuária do Arkansas e ao Centro Nacional de Saúde da Vida Selvagem, em Madison, Wisconsin. Os resultados da autópsia devem sair em uma semana.

Karen disse que muitas das aves sofreram ferimentos ao bater no chão, mas que ainda não está claro se elas estavam vivas antes da queda. Quase todos os pássaros são melros, conhecidos por terem visão excelente, o que de acordo com Karen, os permitiria ver o chão durante a noite.

Uma chuva violenta caiu em grande parte do estado na sexta-feira (31), houve inclusive um tornado que matou três pessoas em Cincinnati, cidade do Arkansas. O raio pode ter matado as aves diretamente, ou as assustou a ponto de torná-las confusas. Chuvas de granizo também são conhecidas por abater aves no céu.

Em 2001, um raio matou cerca de 20 patos em Hot Springs, e um bando de pelicanos foi encontrado morto cerca de 10 anos atrás, disse Karen. Testes de laboratório mostraram que eles também haviam sido atingidos por raio.

Em 1973, uma chuva de granizo derrubou as aves do céu, em Stuttgart, Arkansas, na véspera da temporada de caça. Algumas das aves foram capturadas em correntes ascendentes de uma violenta tempestade e foram cobertas por gelo antes de caírem do céu.

Karen afirma que o envenenamento não está descartado, embora seja improvável. Ela disse ainda que aves de rapina e outros animais, incluindo cães e gatos, se alimentaram de aves mortas e não sofreram nenhum problema.

Sem grande surpresa, reiterando-se a conveniente explicação.

Cientistas apontam os motivos da morte em massa de pássaros nos Estados Unidos durante o Ano-NovoCientistas apontam os motivos da morte em massa de pássaros nos Estados Unidos durante o Ano-Novo. National Geographic Brasil, em 11 de janeiro de 2011.

Na véspera do Ano-Novo, a morte de milhares de pássaros no estado americano de Arkansas intrigou cientistas e a população local. Segundo especialistas, a causa das mortes não foi nenhuma praga ou problema de saúde dos animais, mas sim os fogos de artifício e o barulho que eles produziram.

A polícia ambiental do Arkansas começou a receber ligações informando a queda de pássaros a partir das 23h30 do dia 31 de dezembro. Estima-se que mais de 5 mil pássaros-preto-da-asa-vermelha (Agelaius phoeniceus), estorninhos-comum (Sturnus vulgaris), Quiscalus quiscula e Molothrus ater tenham morrido até a meia-noite.

Uma pesquisa da National Wildlife Health Center aponta que a morte dos animais foi causada por traumas físicos. Em entrevista à National Geographic News, a ornitologista do Arkansas Game and Fish Commission, Karen Rowe, afirmou que os animais colidiram com carros, árvores, prédios e outros objetos fixos.

Rowe afirmou ainda que os fogos de artifício obrigaram os pássaros a voarem mais baixo que o normal, na altura das árvores, mas esses animais não tem uma boa visão noturna e nem costumam voar durante a madrugada, o que resultou nas várias batidas. Frequentemente, pássaros e aves colidem com estruturas altas, principalmente prédios acesos durante a noite. Esses animais costumam se guiar pelas estrelas, mas as luzes dos arranha-céus confundem sua visão, resultando em várias mortes diariamente.

Outros pontos dos Estados Unidos, como os estados da Luisiana e de Maryland, também registraram a morte de pássaros e peixes, mas os cientistas disseram que o frio e outras causas naturais foram os motivos destas mortes. No Brasil também houve alguns registros de mortes de pássaros durante as comemorações da entrada do ano.

Por Olavo Guerra

OBSERVAÇÕES

Parece haver algo de curioso aqui. Pássaro-preto-da-asa-vermelha, ou tordo-sargento, é como se chama tradicionalmente o Agelaius phoeniceus.Red-winged Blackbird. Wikipédia, acesso em 3 de janeiro de 2011. É  uma espécie passeriforme diúrna intensamente territorial.Aves atacam moradores para defender território nos EUA. Folha de São Paulo, em 23 de junho de 2008. O fato de vários da mesma espécie caírem juntos, à noite, em uma região limitada de 4 km de aresta, é um quadro que apresenta elementos de uma possível Precipitação Fortiana.More than 1,000 blackbirds fall out of Arkansas sky.  BBC News, em 3 de janeiro de 2011. O mesmo tipo de ave caiu no estado da Louisiana e Corvos Também Caíram na Suécia.

Vários Agelaius em voo noturno, mortos de estresse devido aos fogos de ano novo é, por si só, digno de nota.  Sendo territorialistas, não sei dizer se os mesmos costumam voar em bandos de milhares, mas tenho minhas dúvidas.

A explicação dos fogos ignora que esse tipo de festejo é realizado todos os anos, sem que registros semelhantes tenham sido efetivados. Também ignora a coincidência que outras precipitações semelhantes, com características similares, tenham ocorrido no mesmo período. É claro que considerar essas observações implicaria em algum tipo de explicação menos trivial do que fogos de ano novo, de modo que, num dispositivo de defesa conhecido e esperado, o Conhecimento Estabelecido sobrepõem a conveniência às evidências sem se preocupar com uma reflexão mais detalhada.

Manteremos a vigília.

FICHAMENTO

Data: 20101231 | Latitude: 35.070642 | Longitude: -91.879586 | Relevância: 2 | Estranheza/Probabilidade: 23 | Clima: Desconhecido | Características: .

TAGS: Ocorrências.

Acesse Artigos Similares.

_____________________
ESSA OCORRÊNCIA AINDA NÃO FOI ANALISADA COM PROFUNDIDADE. SUAS AVALIAÇÕES SÃO APENAS PRELIMINARES. CONTRIBUA COM A SUA OPINIÃO.

_____________________
Entenda melhor qual a relação desse assunto com a ufologia, ou por que ele nos interessa, conhecendo o significado das tags e outros parâmetros de fichamento em Estruturação de Dados.

Críticas, acréscimos ou sugestões, comente ou Entre em Contato.
Caso tenha interesse, saiba COMO CONTRIBUIR com nossas pesquisas.


Comentários [1, RSS]
  • Atualização mediante a apresentação de novos dados. Ainda vejo lacunas.

    Vamos ficar de olho.

  • Comente

    COMENTÁRIO

    ATENÇÃO: Comentários são públicos. Para manifestações privativas, utilize Nosso Formulário. Comentários desrespeitosos, infundados ou fora de contexto serão removidos.

    *

    © 2003, 2010-2015. Ufologia Objetiva. Direitos reservados.
    Cópias sem fins lucrativos permitidas, desde que citada a fonte.