Apresentação

A página não foi completamente carregada ou o navegador não suporta JavaScript. Textos Assim correspondem às notas.

sobre

Em 24 de junho de 1947 o piloto civil americano Kenneth Arnold viu uma esquadrilha de objetos inclassificáveis enquanto sobrevoava as montanhas Cascade, em Washington. Seu relato interessou pesquisadores e encorajou novos testemunhos. Tinha inicio a ufologia moderna.

Sempre tive uma ansiosa indiferença por assuntos anômalos, evitando-os quando possível, até testemunhar um Disco Voador em fevereiro de 2002. Acreditava, até então, possuir uma boa formação científica, mas a singularidade do avistamento mostrou-me a necessidade de aprofundá-la. Fui praticamente compelido para os estudos, aos quais, devido à natureza do ocorrido, inevitavelmente somaram-se aqueles relativos à ufologia.

Em pouco tempo, constatei que o meu avistamento singular não foi tão sigular assim. Impressionou-me o número de relatos semelhantes, e até mais fantásticos, onde pessoas também enfrentaram incredulidade e algumas vezes arruinaram suas vidas pelo fato de afirmarem e manterem seus testemunhos. Impressionou-me, também, como casos desse tipo eram tratados de maneira superficial, arbitrariamente misturados com fraudes e equívocos claros.

O que mais me impressionou, contudo, foi o pretenso tratamento científico aplicado para questionar tais ocorrências. Apesar de haver esforços sinceros, explicações incoerentes, premissas absurdas e desqualificação crassa de testemunhas em princípio críveis eram visivelmente a regra. Considerei as analogias capciosas com embustes conhecidos e as aplicações simplórias da psicologia como particularmente condenáveis.

Enfrentei dificuldades tentando obter dados seguros e de qualidade, necessários para refexões objetivas sobre o assunto, até constatar que essa disponibilidade ainda deveria ser construída.

Ufologia Objetiva foi ao ar pela primeira vez no incício de 2003, até que a falência do provedor Intermega, no final daquele mesmo ano, obrigou sua descontinuidade. Apesar do contratempo, os estudos continuaram e evoluíram, de modo que, mesmo sem ainda dispor das respostas, acredito ter hoje uma visão menos inadequada sobre a ufologia e outros fenômenos anômalos.

Dispondo de mais amadurecimento e maiores recursos, o site agora volta ao ar com os seus objetivos revigorados:

1) Evidenciar os limites e preconceitos do nosso paradigma científico e a necessidade de sobrepujá-los;

2) Reunir, avaliar e discutir ponderadamente evidências anômalas, especialmente as ufológicas;

3) Elaborar, reunir, avaliar e discutir ponderadamente teorias ufológicas;

4) Copilar e disponibilizar dados para uso gratuito de interessados;

5) Reunir e organizar pessoas que compartilhem esses ideais.

Norman J. Briazack e Simon Mennick chamaram a investigação científica de fenômenos isólitos de nafologia. O neologismo dos autores não é muito difundido, mas seu conceito é interessante:

Nafologia: A ciência ou campo de estudo que lida e examina todos tipos de fenômenos e acontecimentos que dizem existir ou que aconteceram, mas para os quais não existe explicação científica. A meta da nafologia é encontrar respostas para esses fenômenos e averiguar como e de que maneira afetam a vida humana. Por definição, o campo de interesse da nafologia declina na medida em que outros ramos da ciência aumentam seu conhecimento. Muitos fenômenos naturais, acontecimentos e ocorrências que antigamente eram misteriosos já foram cientificamente explicados. A nafologia, assim, preenche um vácuo deixado pela falta de conhecimento científico. Como outros ramos da ciência, aborda seu objeto de estudo de maneira racional, organizada e sistemática. Preenchendo as lacunas deixadas pela ciência, desempenha uma função útil. Fornecendo hipóteses experimentais, possíveis explicações e teorias para fenômenos, acontecimentos e ocorrências cientificamente inexplicados, a nafologia alerta a atenção pública e científica para sua presença. Enfatizando que existem lacunas no conhecimento do homem em alguns campos de estudo, a nafologia luta para desenvolver instrumentos científicos para lidar com esses problemas e para conseguir explicações científicas para eles.Adaptado de Norman J. Briazack e Simon Mennick. O Guia dos UFOS. São Paulo: Difel Difusão Editorial S/A, 1979. Tradução de Reinaldo Castro. Título Original: The Ufo Guidebook (1978). pp. 12, 169-70.

Sob muitos aspectos, Ufologia Objetiva pode ser considerado um site nafológico. Ele, contudo, é de fato mais abrangente. Isso acontece porque intenta não ser apenas científico, por buscar comprovar e compreender a existência de determinados fenômenos, mas também político e estratégico, por tentar analisar as ações de outras inteligências e nossas reações a elas. Para entender melhor nosso posicionamento, sugerimos a leitura inicial dos seguintes artigos:

1) Conhecimento Estabelecido;

2) Disco Voador; e

3) Ufologia.

Nessa ordem, eles darão uma noção breve, mas adequada, da nossa abordagem. Depois, o artigo  Estruturação de Dados ajudará você a comprender melhor nossa organização e explorar o potencial das informações que disponibilizamos. A categoria Tópicos Avançados sintetiza nossas principais conclusões com base exclusivamente no material que disponibilizamos.

Se preferir, siga a lista de categorias no topo da barra lateral à sua direita. Inicie por “Metaceticismo”, “Rastreador” e assim por diante, até a última da lista. Clique sempre nos títulos, que sintetizam nossas opiniões e pesquisas sobre o tema. Os números vão levar você aos artigos relacionados a cada uma dessas categorias.

Esses artigos remeterão a outros que, depois, poderão ser seguidos conforme o interesse, ajudando a compreender melhor nossa abordagem e estágio atual dos estudos. Não pretendemos apenas listar casos e teorias, mas discutí-los. Nossos artigos são dinâmicos, aperfeiçoam-se com o tempo. Estimulamos você a enviar sua colaboração. Para os que desejarem uma participação mais próxima, sugerimos ainda os artigos Organização e Método e Como Contribuir.

Boas vindas ao Ufologia Objetiva! Deus abençoe.

Críticas, acréscimos ou sugestões, comente ou Entre em Contato.
Caso tenha interesse, saiba COMO CONTRIBUIR com nossas pesquisas.


Comentários [2, RSS]
  • luciana badin

    neste domingo minha irma tirou varias fotos no sitio ,ao chegar em casa observou um objeto nao identificado ao fundo de uma das fotos,depois que me mostrou por curiosidade fiquei fazendo zoom nas outras e podemos observar em pelo menos tres outros mais longes.o primeiro esta bem nitido no celular dela,mesmo assim apliquei o zoom p observar mais detalhes achei muito interessante,podem observar no face book dela. Isabel Melo Ribeirao preto sp ou posso mandar as fotos para uma avaliacao e interessante

  • Comente

    COMENTÁRIO

    ATENÇÃO: Comentários são públicos. Para manifestações privativas, utilize Nosso Formulário. Comentários desrespeitosos, infundados ou fora de contexto serão removidos.

    *

    © 2003, 2010-2015. Ufologia Objetiva. Direitos reservados.
    Cópias sem fins lucrativos permitidas, desde que citada a fonte.